Entrevistas • Gerais

10 de Fevereiro de 2020

LEIVA GARCIA PERES - Empreender nesse país não é fácil, são grandes desafios!

Primeira franqueada do Scada Café, tem loja no Prudenshopping a 11 anos e diz que os brasileiros aprenderam curtir cafeterias

 

...

 

Paranaense de Cambará, 49 anos, a empresária Leiva Garcia Peres, franqueada do Scada Café no Prudenshopping, é formada em Administração de Empresas e Direito pela Unoeste, e tem Especialização em Gestão Empresarial e Pós Graduação em Gestão Financeira e Contábil.

 

Como você veio para Prudente?

Eu trabalhava no escritório de um clube de futebol empresa, o Matsubara, e em 1990 vim para Prudente para trabalhar no Corintinha,  a convite do Paulo Lima,então presidente. Quando o Paulo deixou o clube fui trabalhar na Multi Coisas, uma das empresas do grupo dele, onde fiquei 20 anos.

 

Quando você partiu para o próprio negócio?

Eu sempre me preparei para ter meu próprio negócio, trabalhar para mim mesmo, mesmo sabendo que empreender nesse país não é fácil, são grandes desafios, uma luta diária. Quando entendi que eu estava preparada, surgiu a oportunidade. Eu queria franquia. Durante 3 anos conciliei minhas atividades profissionais no grupo onde trabalhava com a cafeteria, que foi meu primeiro empreendimento. Eu queria uma franquia.

 

Você foi a primeira franqueada do Scada?

Minha loja foi a primeira franqueada da rede. Já fazem 11 anos. Foi em 2008, quando o Scada iniciava o processo de franquia.

 

Como foi esse começo?

Vi aquilo como uma oportunidade. Dava para conciliar com minhas atividades profissionais. Achei que era o momento.

 

Brasileiro aprendeu gostar de cafés?

Sim, em nosso país as pessoas estão entendendo que é legal tomar um café fora de casa, que freqüentar uma cafeteria pode ser um momento de lazer.

 

O negócio valeu a pena?

Fidelizamos os clientes, hoje tenho gente como um casal, Nei e d. Marta, que diariamente vêm ao Scada tomar seu cafezinho. É muito gratificante perceber o reconhecimento ao nosso trabalho, mas o esforço para melhorar é diário...

 

Como foi 2019?

Foi ano difícil, mas só tenho a agradecer. Entendi que precisávamos fazer as coisas de uma maneira diferente. Não se trata mais de vender produto, mas proporcionar uma experiência de consumo ao cliente. Não foi do jeito que queríamos, mas finalizamos com pequeno crescimento.

 

O que você espera de 2020?

Temos que agradecer e olhar para 2020. A perspectiva é muito boa. As coisas vão começar a fluir, acredito que teremos um país melhor.

 

E as mudanças no Prudenshopping?

A gente tem que tirar o chapéu para o que a família do Sr. Anwar Damha fez nesses 30 anos de Prudenshopping. Fizeram um trabalho sensacional, dentro do que estava no alcance deles. Agora, vem uma nova diretoria, o shopping vai passar por um momento especial, pois os sucessores têem  um histórico monstruoso nesse segmento. Acredito que virão mudanças para melhor.

 

Stetnet
O Imparcial
Willy Macedo