Prudente teve basquete vice campeão do mundo

657

HÁ 38 ANOS A EQUIPE FEMININA DA PRUDENTINA REPRESENTOU O BRASIL NA COPA INTERNACIONAL WILLIAN JONES, EM TAIPEI, REPÚBLICA DA CHINA, E FEZ UMA CAMPANHA MEMORÁVEL, SÓ PERDENDO O JOGO FINAL PARA A SELEÇÃO DOS EUA, QUE VEIO A SER CAMPEA OLÍMPICA NO ANO SEGUINTE

SINOMAR CALMONA

Em 1984 a APEA-AMEPP fez a sua maior e mais audaciosa incursão internacional ao participar da “8th R. William Jones Cup International Basketball Tournament” em Taipei-RC e de amistosos em Taiwan e no Japão. Até então uma equipe desconhecida, internacionalmente, se consagrou com o título de Vice-Campeã Mundial de Clubes ao ser derrotada, apenas pela Seleção Olímpica dos Estados Unidos que viria ser a medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Los Angeles-1984.

A APEA, como de resto o basquetebol feminino brasileiro, era obviamente desconhecido da mídia especializada e da torcida asiática. Ocorreu, então, o fenômeno que surpreendeu e contagiou toda a delegação. A cada jogo, a torcida taiwanesa passou a vibrar com as jogadas eletrizantes das atletas brasileiras, em especial da Hortência, pela determinação, técnica apurada, garra e arremessos certeiros.

Surpreendentemente, os adversários eram selecionados nacionais (Austrália, Estados Unidos, República da China-Taiwan, Tailândia, Canadá, República Popular da China Continental, Itália e Hong Kong) e apenas três clubes (Agcon-80 da Alemanha Ocidental, Racing Clube da França e Crystal Pálace da Inglaterra). Foram 08 (oito) jogos com sete vitórias e apenas uma derrota. Um feito extraordinário jamais alcançado por uma equipe de basquetebol do Brasil, pontuou Antonio de Figueiredo Feitosa, que foi o chefe da delegação.

O período de competições envolveu 03 (três) fases: Amistosos-I em Taipei de 03.06 à 08.06.1984, a Copa William Jones de 05.06 à 18.06.1984 e Amistosos-II no Japão de 19.06 à 22.06.1984.

“UM FEITO EXTRAORDINÁRIO JAMAIS ALCANÇADO POR UMA EQUIPE DE BASQUETEBOL DO BRASIL “ (Antonio de Figueiredo Feitosa)

A Copa William Jones foi disputada no principal ginásio de esportes de Taipei, denominado China Sports And Culture Activity Center, com capacidade para 10 mil lugares. Esta capacidade foi dimensionada por ser o basquetebol, o segundo esporte do país, que tem milhões de aficionados que são extremamente fanáticos, entusiastas e apaixonados pela modalidade.

Uma excursão vitoriosa (01.06 à 29.06.1984) que apresentou a APEA-AMEPP ao público internacional. A repercussão transcendeu Taiwan e ganhou as manchetes dos principais jornais e canais de televisão da Coréia do Sul, Japão, China Continental, Filipinas e demais países da Ásia Oriental e do Sudeste Asiático. Foi algo marcante e indelével na história de Presidente Prudente. Foram 13 jogos realizados com 12 vitórias, 01 derrota, 752 pontos à favor e 531 pontos contra.

PARTICIPANTES E GRUPOS

Os 12 (doze) países participantes foram divididos em 04 (quatro) grupos na seguinte ordem: Grupo 01: Austrália, Rancing Clube-França e Estados Unidos; Grupo 02: Crystal Pálace-Inglaterra, República da China-Taiwan e Tailândia; Grupo 03: Agcon-80-Alemanha Ocidental, Canadá e República Popular da China; Grupo 04: APEA-Brasil, Itália e Hong Kong

CAMPANHA OFICIAL

A campanha da Associação Prudentina de Esportes Atléticos-APEA, na Copa William Jones, foi impecável, vitoriosa e brilhante. Na fase de classificação, nos dias 05.06 e 09.06, ficou em 1º lugar ao vencer Hong-Kong (119×44) e a Itália (74×70). Nas fases subsequentes, os resultados foram, ainda, mais expressivos: dia 12.06. contra o Racing Club-França (104×44); dia 13.06 contra a Seleção dos Estados Unidos (57×85); dia 14.06 contra o Criystal Pálace-Inglaterra (65×49); dia 16.06 contra Agcon 80-Alemanha Ocidental (81×66); dia 17.06 contra a Seleção do Canadá (67×54) e dia 18.06 contra a República Popular da China Continental (77×67). A APEA só não enfrentou as equipes desclassificadas: Austrália, República da China-Taiwan e Tailândia.

CAMPANHA DE AMISTOSOS

Na Fase de Amistosos-I a APEA jogou em Taipei-RC, antes do início da Copa William Jones, no dia 03.06 contra Agcon 80-Alemanha Ocidental (88×66) e no dia 08.06 contra a Seleção das Filipinas (108×42) que viajou à Taipei para jogar, amistosamente, com alguns participantes.

Na Fase de Amistosos-II a APEA esteve no Japão e jogou em Tóquio, no dia 20.06, contra o Kiodo Oil (76×62); no dia 21.06 contra a Hitachi (98×78) e no dia 22.06. contra a Toshiba (82×72).

Decididamente uma campanha invicta de 05 (cinco) jogos amistosos e 05 (cinco) vitórias, mostrando o valor técnico do basquetebol feminino brasileiro através da APEA-AMEPP.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

Dos 12 paises participantes apenas 03 (três) subiram ao pódio. Em 1º lugar, a Seleção dos Estados Unidos; Em 2º lugar, a Associação Prudentina de Esportes Atléticos-APEA; Em 3º lugar, a Seleção da Itália.

DELEGAÇÃO OFICIAL

A delegação oficial foi composta por 16 (dezesseis) membros: Dirigentes (Antônio de Figueiredo Feitosa-Chefe e Antônio Martinho Fernandes-Delegado); Comissão Técnica (Antônio Carlos Vendramini-Técnico e Pedro Roberto Pereira de Souza-Preparador Físico); Comissão Médica (Dr. Ramon Cano Garcia-Médico e Edvaldo Aparecido dos Santos-Massagista) e Atletas: (Beverly Jean Crusoe, Eronides Ana da Cruz, Hortência de Fátima Marcari, Magali Angonese-Neca, Maria Cristina Borges Madeiral-Tute, Maria de Fátima Santana, Rosemary Moreira de Brito, Solange Maria de Castro, Vânia Hernandes de Souza e Vanira Hernandes de Souza.

APEA ENFRENTOU NA FINAL A MAIS PODEROSA SELEÇÃO OLIMPICA AMERICANA DE TODOS OS TEMPOS E FEZ BONITO!

A APEA enfrentou na final da Copa de Taipei simplesmente a a mais poderosa Seleção Olímpica dos Estados Unidos, de todos os tempos, com jogadoras fenomenais e espetaculares do gabarito de Tereza Edwards, Leo Henry, Lynett Woodad (primeira mulher a jogar na equipe masculina do Harlem Globetrotters ), Anne Donavan, Katty Boswell, Cheryl Miller, Janice Lawrence, Cindy Noble, Kim Mulkey, Denise Crurray, Dam Mac.Gee e Carol Merken Schandt sob o comando da Técnica Patty Head Summitt.

HORTÊNCIA, ESTRELA DA APEA FOI A ESTRELA DO TORNEIO, E SÓ PODIA SAIR AS RUAS COM GRANDE ESQUEMA DE SEGURANÇA: CHINESES QUERIAM VE-LA DE PERTO E TOCAR COM AS MÃOS PARA RECEBER AS ENERGIAS DA ESTUPENDA JOGADORA.

Passou a ser adorada, vista de perto pelos torcedores e tocada com as mãos para receber as energias daquela estupenda atleta dotada de tantos poderes e atributos técnicos. A torcida passou a se identificar e torcer para a APEA-AMEPP, a partir do terceiro jogo contra o Racing Clube de Paris-França, quando foi registrada uma vitória massacrante de 104 x 44.

Os torcedores passaram a esperar a chegada da delegação para interagir com as atletas e, especialmente, com a Hortência. Um fato chamou a atenção pelo seu ineditismo. Os torcedores faziam questão de tocá-la, em seus braços, como demonstrando que queriam receber um pouco da sua energia e do seu magnetismo. Outro fato foi que os torcedores passaram a ficar nos arredores do Mandarin Hotel, onde as delegações estavam concentradas, para ver as prudentinas e, claro, Hortência. Mais do que isso: passaram a levar presentes e mais presentes que levaram a direção do hotel a destinar uma sala, exclusivamente, para os mimos. Foram tantos que não foi possível trazê-los no retorno ao Brasil.

O Comitê Organizador passou a se preocupar com o assédio e destinou um rigoroso sistema de segurança que passou a acompanhar a delegação em todos os seus deslocamentos e no tour turístico.

EQUIPE DA PRUDENTINA TAMBÉM DISPUTOU UM TORNEIO NO JAPÃO E NA VOLTA, COMO PRÊMIO PELAS CONQUISTAS FIZERAM ESCALA NA DISNEY DE LOS ANGELES, NOS EUA

A chefia da delegação festejou, com as atletas, o êxito retumbante alcançado com um Tour pela Grande Tóquio, Ida à Tokyo Disneyland e visita à cidade de Bervely Hills que fica no Condado de Los Angeles na Califórnia para conhecer Hollywood e seus pontos turísticos como os estúdios da Paramount Pictures e espaços históricos. Dentre eles, o Dolby Theatre que é o palco da premiação do Oscar.