Saddles, sela prudentina é exportada

671

Alex da Silva Soares trabalha no ramo de selaria há 28 anos. Em 2015, após anos de experiência e otimismo, montou sua própria empresa, a Brasil Saddles Artesanatos em Couro. Montadas manualmente, o diferencial da marca é a qualidade e diversos modelos de armação.

Não é à toa que hoje, a Saddles exporta para países como Nova Zelândia e Canadá. Em anos anteriores, fazendeiros do Paraguai e até dos Estados Unidos chegaram a encomendar selas. 

No Brasil, há a exportação em todo território nacional, onde renomados competidores usam selas prudentinas, como Daniel Faro e Pedro Borges, além de personalidades do município.