Prudente recebe Caravana Jovem Aprendiz Paulista

244

Presidente Prudente recebeu a apresentação da Caravana Jovem Aprendiz Paulista, um programa coordenado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico com a Secretaria Estadual de Projetos Estratégicos. O encontro que contou com a presença da secretária-executiva, Juliana Cardoso, também reuniu empresários e contabilistas no salão nobre da Acipp (Associação Comercial e Empresarial de Pres. Prudente) na manhã dessa terça-feira, 12.

Intermediário gratuito entre jovens que almejam sua primeira oportunidade no mercado de trabalho, o Jovem Aprendiz Paulista também agrega empregadores em busca de profissionais aprendizes, aptos a preencherem as vagas ofertadas.

Conforme Juliana Cardoso, na prática, possibilita empresas classificadas como ME (Médias Empresas) e EPP (Empresa de Pequeno Porte) a contratarem aprendizes de 14 a 24 anos com capacitação técnica toda custeada pelo Estado. Antes, apenas adolescentes de até 18 anos eram aceitos na iniciativa, inviabilizando trabalhos em bares, restaurantes e telemarketing de acordo com a Lei do Aprendiz.

Segundo a secretária executiva, isso resulta em benefícios para a empresa, o jovem e toda a sociedade. “Estamos trabalhando em todo o Estado para disseminar essas informações e alcançar o maior número possível de empresas”, comunicou. Prudente foi a 4ª cidade a receber a Caravana.

Benefícios

O empresário que aderir à iniciativa conta com uma série de benefícios, como recolhimento do FGTS menor (apenas 2%), sem custos com demissões e todo suporte no trâmite de contratação. Outro benefício é ter a possibilidade de contratar um aprendiz do próprio bairro onde seu negócio está instalado, facilitando no deslocamento e ampliando a conexão com a comunidade.

Aos jovens, o programa oferece a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho por até 24 meses recebendo um salário-mínimo/hora e capacitação teórica gratuita oferecida pelo Governo do Estado.

Conforme a superintendente nacional de operações e atendimento do CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), Mônica Vargas, são quatro dias de trabalho, em jornada que pode ser de quatro a seis horas diárias, e um dia exclusivo de capacitação online, com preparação comportamental e postura em ambiente de trabalho. “A empresa abre a vaga, o CIEE oferta toda assessoria, o governo tem o subsídio do curso de capacitação. O jovem aprende na empresa e tem a teoria no CIEE, bem como todo o acompanhamento”, frisou.

Dados

Segundos dados da Jucesp (Junta Comercial), Micro e Pequenas Empresas (MPE) representam 66% de todas as empresas abertas no estado de São Paulo. Além disso, de acordo com o Sebrae, em 2022, a cada 10 postos de trabalho gerados no Brasil, aproximadamente 8 foram criados pelas micro e pequenas empresas, o que reforça a importância do segmento na economia.

A região de Presidente Prudente conta com mais de 59 mil empresas ativas classificadas como ME ou EPP, segundo dados da Jucesp, e cada uma delas poderá contratar um aprendiz pelo período de até dois anos.

Adesão

Tanto empresários como jovens, podem se inscrever no site: jovemaprendiz.sp.gov.br . Toda comunicação sobre vagas, entrevistas de emprego e contratações é informada via SMS.

Colaborou: Francinara Nepomuceno