Química formada pela Unesp é Doutoranda, aos 21 anos

542

Naralyne Martins veio de Tupã, com 17 anos, em 2018, para estudar Química, na UNESP, em Presidente Prudente. Quatro anos depois, protagoniza uma conquista rara: aos 21 anos ingressou ingressou direto no Doutorado oferecido pela agência de fomento FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa), com a duração de 4 anos. “Isso é para pesquisadores com muito talento e dedicação”, comentou sua professora e orientadora Dra. Beatriz Eleutério Goi.  O tema da pesquisa da jovem doutoranda é sobre fotopolimerização e aplicação em impressão 3D e 4D. É uma área inovadora que vem tendo grandes avanços. No ano que vem ela pretende realizar um ano do seu doutorado na França.